A rede

                           SER

REDE ‘SER‘ JOVEM

SANTOS, ESPIRITUAIS e RADICAIS

Iniciada no dia 22 de agosto de 2009, “SER” Jovem é o nome da nossa REDE, Santos, Espirituais e Radicais, pois acreditamos que o jovem pra renunciar a si mesmo, vencer o pecado e conquistar uma multidão para o Senhor Jesus precisar “SER”.

Satanás tem distorcido a imagem do jovem , passando através da mídia, da música principalmente, que o jovem l é aquele que age com rebeldia, que comete atos inconseqüentes, se preocupando apenas com o sentimento de prazer momentâneo. Aquele jovem que quando quer mostrar que é diferente, ou está frustrado por algum motivo, ou mesmo que ninguém controla sua vida, procura a solução nas drogas, bebidas, orgias ou procura se vestir de forma que venha chocar as pessoas. Tudo isso, porque o diabo quer a todo instante inverter os princípios divinos.

Contudo, não devemos nos conformar com tal realidade e acreditamos que o Jovem “SER” é aquele que odeia o pecado, que ama vidas como a si mesmo,que ora, jejua e que prega a palavra de Deus a cada dia como se fosse o último dia de sua vida. Não é alguém que não peca, pois sabemos que aquele que diz que não é pecador está pecando.

Mas se renova dia após dia na palavra do Senhor, é ser alguém que ama vidas e que faz dessas vidas discípulos para o Senhor Jesus, pois a Bíblia diz que fomos chamados para darmos frutos e que nosso fruto permaneça. Temos renunciado nossas vidas em prol dessa pregação, que é a todo o momento ensinar os nossos discípulos, a não se deixarem influenciar pelas setas do inimigo, e viver uma vida plenamente no Espírito.

Um jovem Santo Espiritual e Radical é alguém que vive a palavra de Deus todos os dias e alguém assim, no meio de uma geração adúltera e perversa só poder Radical. Nosso maior referencial é Jesus Cristo, alguém que renunciou a si mesmo pra fazer a vontade do Pai, que foi tentado pelo inimigo, mas não esmoreceu, que viu a sua Cruz, mas não desistiu, pelo contrário, a carregou. Alguém que não se deixou guiar pela geração perversa, mas que impactou o mundo de tal forma que o dividiu em antes e depois de Sua existência. Jesus Cristo era Deus como diz em João, mas Ele mesmo disse que maiores obras do que ele fez nos faríamos. 

 

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: