Beijo na boca!

vigia irmão!Você sabe o nome da última pessoa que você beijou?

No conto infantil, uma bruxa transforma um belo príncipe em sapo, e o encantamento só se desfaz quando uma bela princesa enxerga beleza através do anfíbio e o beija. É uma boa analogia sobre a beleza interior, sobre o descobrir o outro além da aparência.

Hoje, porém, há outra interpretação para a história. Em um programa chamado Beija Sapo, há os “sapos” ou “pererecas”, e um ou uma pretendente a beijar um deles. Mostra-se o quarto dos encantados, faz-se perguntas idiotas, que mais confundem do que trazem conhecimento sobre a pessoa.

No final, o pretendente escolhe um anfíbio e, mesmo sem lhe conhecer, dá-lhe um belo beijo apaixonado, não por amor (como no caso da princesa do conto infantil), mas por divertimento, talvez por algum prêmio. A maioria das edições são heterossexuais, mas já houve edições com lésbicas e gays.

Cada um é dono do seu corpo, mas o que está acontecendo com nossa juventude, que não enxerga mais nenhum limite para o prazer? Vamos a festas, baladas, micaretas, e saímos beijando todo o mundo que aparece.

O beijo, uma coisa tão íntima, tornou-se nada. Se, antes, os finais felizes acabavam com um beijo, hoje nem começam e ele já foi dado.

Beijar é dividir intimidade. O ficar, a pegação, a troca de fluídos exigiria, pelo menos, um mínimo de conhecimento entre as partes envolvidas. Houve épocas e há ainda culturas em que os noivos só se beijam depois de casados. Você sabe o nome da última pessoa que beijou?

Muitos não saberão, pois beijaram não por afeto, mas em busca do prazer próprio. Não se importaram em perguntar o nome, se o beijo foi bom para a outra pessoa, se poderá ligar no dia seguinte. Até porque, no dia seguinte, estarão beijando outra pessoa, computando o número de beijos para se gabar junto aos amigos ou amigas. Nosso maior prazer é nós mesmos.

No que estamos nos tornando? O beijo, o sexo, tudo transformamos em nada, quando deveriam ser momentos especiais em nossas vidas. O chato é que fazemos isso mais para nos igualarmos ao resto do grupo do que porque queremos. Hoje em dia é vergonhoso se dizer virgem, e pior ainda, boca virgem. O lance é beijar muuuuuito.

Cada um é dono do seu corpo. Que bom seria se todos entendêssemos o real sentido dessa afirmação. Se somos realmente donos do nosso corpo, não temos que fazer coisas só para agradar os nossos amigos. Não temos que beijar alguém que não conhecemos só para parecer “o bom” ou “a boa”.

Não precisamos sair com muitos, temos capacidade para conquistar uma única pessoa todos os dias, tornando cada dia único, diferente, especial. Esse tipo de relação fará com que o beijo tenha um algo mais, pois além do prazer físico e momentâneo há o prazer do sentimento, o frio na espinha, aquilo que só acontece quando conhecemos e sentimos afeto.

O “ficar” é mais um sintoma do nosso tempo. Se, antes, as crianças brincavam juntas nos parques, nos quintais, hoje elas vivem isoladas em seus quartos, na frente do computador.

Nossas crianças, vivendo isoladas, crescem isoladas e ainda mais egoístas, pensando apenas em si mesmas. Uma pessoa egoísta vai pensar apenas em si, em satisfazer aos seus desejos, e o “ficar” é isso. O namorar, o casar já inclui o satisfazer o outro, e isso nossas crianças e jovens não estão mais aprendendo, por não se divertirem mais em comunidade.

Tudo bem, não podemos mudar todo o mundo, mas podemos mudar o NOSSO mundo.

Pensemos: será que viver pegando um e outro é aquilo que um dia sonhei para mim?

Será que não tenho capacidade para viver exclusivamente para outra pessoa, e mesmo assim fugindo da rotina, tornando cada dia algo novo? Será que estou condenado (a) a viver sem responsabilidade para comigo e para com os outros, “ficando” com quem aparecer na minha frente?

Será que não mereço algo melhor para mim, alguém que realmente me complete, e que me tire essa ansiedade por prazer gratuito a qualquer custo?

Há alguém realmente especial para você, mas para encontrá-lo (a), é preciso que se mude de atitude.

fonte : sexxxchurch

Anúncios

One Response to Beijo na boca!

  1. Juliana Shofar disse:

    Super tremendo esse tópico!É isso aí jovens vamos fazer diferença sendo santos e colhendo o melhor de Deus!Shalom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: